PORTAL UNISUL     BIBLIOTECA     CONSULTA AO ACERVO     BASE DE DADOS      DISSERTAÇÕES     TESES     PORTAL DE PERIÓDICOS     MINHA UNISUL     FALE CONOSCO

Página Inicial > Teses > Teses Defendidas > Resumos de Teses

 

Teses

Teses Defendidas

Editais de Teses

 

Teses

Resumos de Teses


 

055


Espelho Diário: Corpo(s)-arte de Rosângela Rennó na perspectiva discursiva

 

Carla Sussenbach


26 de julho de 2017, às 9 horas
Sala 212, do bloco B, da Unidade Pedra Branca da Universidade do Sul de Santa Catarina
Banca:

Dra. Nádia Régia Maffi Neckel – UNISUL (orientadora);
Dra. Nadja de Carvalho Lamas – UNIVILLE (avaliadora);
Dra. Suzy Maria Lagazzi – UNICAMP (avaliadora);
Dra. Solange Maria Leda Gallo – UNISUL (avaliadora);
Dr. Maurício Eugênio Maliska – UNISUL (avaliador);
Dra. Giovanna Gertrudes Benedetto Flores – UNISUL (suplente interno);
Dr. Sandro Braga – UFSC (suplente externo).


Resumo:

A análise da videoinstalação “Espelho Diário” realizada pela artista Rosângela Rennó tem o propósito de compreender as diferentes produções de sentido do corpo feminino no gesto artístico. A pesquisa se inscreve no campo teórico da Análise de Discurso pecheutiana e sua interlocução com o campo da arte, marcado por um lugar de dizer da história, da ideologia e também pelos aspectos sociais, o que permitiu a construção de um dispositivo analítico pertinente à materialidade do Discurso Artístico. O dispositivo teórico-analítico percorre diferentes noções/formulações discursivas notadamente: arquivo/dispositivo, texto/textualidade, função/efeito autor, projeções sensíveis/corpo-imagem. O gesto analítico estabelece também uma escuta teórica quanto à arte contemporânea e às questões que implicam o corpo tanto na linguagem da performance, quanto o corpo social determinado pelos gestos performativos. Projeções sensíveis é uma noção tomada para compreender o corpo-imagem de Rosângela Rennó, enquanto um gesto no Discurso Artístico, gesto este constituído na e pela contradição. Tal funcionamento marca-se tanto pelos movimentos parafrásticos de corpos já ditos ao longo dos movimentos artísticos na história, quanto por movimentos polissêmicos próprios do artístico e do contemporâneo. Desta forma, a perspectiva discursiva permitiu a compreensão da opacidade e os deslocamentos de sentidos presentes na produção contemporânea da videoinstalação “Espelho Diário”.

 

Palavras-chave: Videoinstalação. Corpo-Imagem. Discurso Artístico. Rosângela Rennó.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061