PORTAL UNISUL     BIBLIOTECA     CONSULTA AO ACERVO     BASE DE DADOS      DISSERTAÇÕES     TESES     PORTAL DE PERIÓDICOS     MINHA UNISUL     FALE CONOSCO

Página Inicial > Teses > Teses Defendidas > Resumos de Teses

 

Teses

Teses Defendidas

Editais de Teses

 

Teses

Resumos de Teses


 

046


Conciliação de metas em buscas orgânicas no Google: análise das interações usuário-sistema

 

Fátima Hassan Caldeira


8 de dezembro de 2016, às 16 horas

na Sala de Vídeo Conferência da biblioteca do Campus Sul da Universidade do Sul de Santa Catarina.

Banca:

Dr. Fábio José Rauen – UNISUL (orientador);
Dr. Jorge Campos da Costa - PUCRS (avaliador);
Dra. Heloisa Pedroso de Moraes Feltes - UCS (avaliadora);
Dra. Aline Aver Vanin – UFCSPA (avaliadora);
Dra. Sandra Vieira – IFC (avaliadora); e
Dra. Marleide Coan Cardoso – IFSC (suplente).


Resumo:

Nesta tese, verificamos se o conceito de heteroconciliação de metas é aplicável a interações usuário-sistema em buscas orgânicas no Google. Para tanto, exploramos qualitativamente um aso de consulta sobre a localização de um restaurante a partir de um viés pragmáticocognitivo guiado pelas noções de conciliação de metas (RAUEN, 2013, 2014) e relevância (SPERBER; WILSON, 1986, 1995). Os resultados sugerem que a interação usuário-Google deve ser considerada como uma atividade colaborativa na qual ambos os atores conciliam metas. Se a noção de relevância procurada pelo usuário no sistema, nos termos de Yus (2012a), descreve e explica como o usuário heteroconcilia os resultados da busca com suas metas comunicacionais, informacionais e práticas; a noção de relevância procurada pelo sistema para o usuário descreve e explica como o mecanismo de busca heteroconcilia seus resultados com as metas dos usuários. Buscas orgânicas desta espécie podem ser modeladas no contexto de um plano de ação intencional no qual o usuário elabora uma query (intenção comunicativa) para obter uma determinada informação (intenção informativa) motivada pela consecução de uma meta prática. Neste processo, o usuário monitora os resultados da busca com suas metas e procede a ações corretivas conforme suas preferências e habilidades. Acionado pela query, o sistema fornece um conjunto de respostas que visa a atender à meta informacional e, por hipótese, à meta prática do usuário. Neste processo, o Google identifica o usuário e monitora sua navegação para coletar sinais de personalização e para individualizar seus resultados; fornece ferramentas que auxiliam o usuário a elaborar a query; apresenta resultados alternativos, deixando o usuário livre para atender à sua intenção de busca; antecipa possíveis queries, aumentando efeitos cognitivos e diminuindo esforços de processamento do usuário; e, à medida que a sessão se prolonga, adapta seus resultados. Todas essas características sugerem que a resposta do sistema ao usuário está simulando, cada vez com maior eficiência, a interação entre humanos. Se, no atual estágio tecnológico, ainda não é o caso de o sistema emular a plasticidade como os seres humanos mapeiam contextos e fornecem respostas com relativo grau de precisão, já é possível verificar que, ao fornecer um massivo leque de opções de respostas, o sistema está obtendo êxito em escala, uma vez que, por hipótese, alguma dessas alternativas contribuirá para o usuário conciliar a meta em questão.

 

Palavras-chave: Pragmática cognitiva. Teoria de conciliação de metas. Teoria da relevância. Interação usuário-sistema. Google.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061