PORTAL UNISUL     BIBLIOTECA     CONSULTA AO ACERVO     BASE DE DADOS      DISSERTAÇÕES     TESES     PORTAL DE PERIÓDICOS     MINHA UNISUL     FALE CONOSCO

Página Inicial > Teses > Teses Defendidas > Resumos de Teses

 

Teses

Teses Defendidas

Editais de Teses

 

Teses

Resumos de Teses


 

034


O discurso e o efeito do corpo in suspenso: a constante (re)construção do corpo das madrinhas e rainhas de bateria

 

Carolina Bithencourt Rubin


Dia 9 de dezembro de 2015, às 14 horas

na Sala 212, Bloco B, do Campus Grande Florianópolis da Universidade do Sul de Santa Catarina.

Dra. Nádia Régia Maffi Neckel – UNISUL (orientadora);

Dra. Maria Cristina Leandro Ferreira – UFRS (avaliadora);

Dra. Ana Josefina Ferrari – UFPR (avaliadora);

Dra. Solange Maria Leda Gallo – UNISUL (avaliadora);

Dr. Maurício Eugênio Maliska – UNISUL (avaliador);

Dra. Simone Tiemi Hashiguti – UFU (suplente); e

Dra. Giovanna Benedetto Flores – UNISUL (suplente).


Resumo:

 

“O Discurso e o efeito do corpo in suspenso: a constante (re) construção do corpo das madrinhas e rainhas de bateria” analisa a forma, sujeitos e sentidos da/na sociedade contemporânea, com o objetivo de compreender o culto ao corpo, e as transformações dos corpos femininos no carnaval desde a década de 1980 até 2013. Esta década foi destacada a partir dos acontecimentos sociohistóricos que marcaram o nascimento das personagens no Brasil (em especial na cidade do Rio de Janeiro): Madrinha de Bateria das Escolas de Samba (1981) e Rainha de Bateria das Escolas de Samba (1985). Este foi nosso ponto de partida para a compreensão do corpus delimitado pelo “corpo feminino no carnaval” a partir dos dispositivos teóricos, metodológicos e analíticos da Análise do Discurso. Através destes dispositivos, definimos nosso recorte de análise, que foram: “Os deslizamentos de sentidos nas transformações físicas dos corpos das rainhas de bateria das escolas de samba do carnaval da década de 1980 até 2013”. Analisamos o corpo enquanto discurso a partir das noções de Análise do Discurso, de esquecimento discursivo, esquecimento ideológico e acontecimento discursivo (PÊCHEUX; FUCHS, 1997; PÊCHEUX, 2008), bem como das noções de desejo, gozo e corpo de Lacan (1998). A partir do carnaval de 2013, e dos corpos das madrinhas e rainhas de bateria de carnaval, entendemos como uma mulher da contemporaneidade pode deslocar-se da regularidade discursiva de mulher feme fatalle para a regularidade discursiva de mulher guerreira ocupando ainda, a posição sujeito Madrinha ou Rainha de Bateria. Além de reconhecer os principais acontecimentos históricos e as ideologias circulantes que proporcionaram este acontecimento discursivo - (re)construção do corpo feminino - , bem como o efeito de corpo in suspenso, efeito que gera um corpo sempre em transformação, nunca permanente e sempre provisório na mulher contemporânea.

 

Palavras-chave:

 

Análise do Discurso. Efeito de corpo in suspenso, Corpo. Carnaval. Madrinhas e Rainhas de Bateria.

 


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061