PORTAL UNISUL     BIBLIOTECA     CONSULTA AO ACERVO     BASE DE DADOS      DISSERTAÇÕES     TESES     PORTAL DE PERIÓDICOS     MINHA UNISUL     FALE CONOSCO

Página Inicial > Proposta do Programa > Nossa História

 

Proposta do Programa

Nossa História

Objetivos

Área de Concentração

Linhas de Pesquisa

Perfil do Estudante

Perfil do Egresso

Curso de Doutorado

Curso de Mestrado

Doutorado Sanduíche

Pós-Doutorado

Disciplinas

 

Proposta do Programa

Nossa História


 

Um olhar dos processos discursivos das múltiplas linguagens humanas,

a partir de três pontos de vista: o textual, o discursivo e o cultural

 

A formação superior de professores de Língua Portuguesa e de Língua Estrangeira Moderna tem início em Tubarão (SC) com a criação do Curso de Letras da então Fundação Educacional do Sul de Santa Catarina (FESSC) em 1971. Com a criação da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) em 1989, é em meados dos anos 1990 que a criação de um curso de stricto sensu na área de letras/linguística recebe contornos mais explícitos que culminam com a formalização de um projeto elaborado pela congregação do curso em 1998.

O resultado desse esforço foi a aprovação do "Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem" em 2 de dezembro de 1998 pela Resolução 28/98 da Câmara de Gestão da Universidade. O Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina (CEE-SC), a quem a pós-graduação da Universidade era vinculada legalmente à época, homologou seu funcionamento em 13 de julho de 1999 através da Resolução 176/99.

Em 15 de julho de 1999, iniciaram-se as aulas da primeira turma no campus de Tubarão, com a oferta de duas áreas de concentração: "Teoria e Análise de Linguagens" e "Linguística Aplicada ao Ensino". Em 2001, o Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem expandiu-se para o Campus da Grande Florianópolis em Palhoça (SC), ofertando uma terceira área de concentração voltada ao campo da Comunicação Social e denominada "Linguagem e Tecnologia da Informação" (Parecer CEDS n. 114, de 7 de novembro de 2000).

Em 2002, o Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem foi avaliado por Comissão Verificadora do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina (CEE-SC) formada pelos professores Osmar de Souza (FURB/UNIVALI) e Loni Grimm-Cabral (UFSC). O Curso foi reconhecido em sessão plenária do Conselho Estadual de Educação no dia 9 de julho de 2002 (Decreto 5.458, de 29 de julho de 2002, publicado no Diário Oficial do Estado de Santa Catarina em 30 de julho de 2002).

No mesmo ano, em atendimento à decisão institucional, o Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem alinhou-se ao Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG/CAPES). Como resultado desse processo, passou a ser organizado em uma única área de concentração, denominada "Linguagem, Mídias e Processos Discursivos", e três linhas de pesquisa: "Análise Discursiva de Processos Semânticos", "Textualidades e Práticas Discursivas" e "Linguagem, Cultura e Mídia".

O projeto foi avaliado in loco por Comissão Verificadora da CAPES formada pelos professores Sírio Possenti (UNICAMP) e Dermeval da Hora Oliveira (UFPB) em fevereiro de 2003. Em seguida, foi aprovado pelo Comitê da Área de Letras/Linguística em janeiro de 2004, pelo Conselho Técnico Consultivo da CAPES em 10 de fevereiro de 2004 e pela Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação em 10 de novembro de 2004 (Parecer n. 314/2004). O Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem foi reconhecido pela Portaria 4.310, de 21 de dezembro de 2004 (publicada no Diário Oficial da União em 23 de dezembro de 2004, seção 1, p. 33). Durante esse processo, em março de 2004, o Curso apresentou edital de seleção para as primeiras turmas do Currículo CAPES, com início das aulas em 5 de julho.

Em 2007, o colegiado elaborou projeto de Curso de Doutorado em Ciências da Linguagem. Neste projeto, a área de concentração passou a ser denominada "Processos Textuais, Discursivos e Culturais", com três linhas de pesquisa: "Textualidade e Práticas Discursivas", "Análise Discursiva de Processos Semânticos" e "Linguagem e Processos Culturais" (readequadas em 2010 para duas linhas de pesquisa: "Texto e Discurso" e "Linguagem e Cultura"). O projeto foi submetido à CAPES em março de 2008, e a aprovação do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem - PPGCL (Mestrado e Doutorado) foi homologada em reunião da Câmara de Gestão da UNISUL no dia 9 de abril de 2008.

Em 2 de dezembro de 2008, o Programa foi avaliado in loco por Comissão Verificadora da CAPES formada pelas professoras Diana Luz Pessoa de Barros (UPM) e Célia Marques Telles (UFBA). O PPGCL foi então aprovado na 106a. Reunião do Conselho Técnico Consultivo da CAPES em 10 de dezembro de 2008. A Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação homologou a aprovação (Parecer n. 122/2009), e o Curso de Doutorado em Ciências da Linguagem foi reconhecido pela Portaria n. 589 de 18 de junho de 2009. No primeiro semestre de 2009, procedeu-se ao primeiro processo seletivo de alunos do curso de Doutorado. As aulas iniciaram-se no dia 6 de julho em Palhoça (SC) e 16 de julho em Tubarão (SC).

Em maio de 2008, o PPGCL foi também avaliado por Comissão de Verificação do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina, formada pelas professoras Rosângela Hammes Rodrigues (UFSC) e Ana Cláudia de Souza (UFSC). Com base no relatório de visita e no Parecer 265 do Conselho Estadual de Educação, de 26 de agosto de 2008, renovou-se por cinco anos o reconhecimento do Curso de Mestrado na esfera estadual (Decreto n. 1.729, de 7 de outubro de 2008). A partir de 2013, o Conselho Estadual passou a validar as avaliações da CAPES.

O Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem - PPGCL apresenta relevância singular entre os cursos de stricto sensu da mesorregião sul catarinense e mesorregião metropolitana de Florianópolis. Seu Curso de Mestrado foi o primeiro curso de stricto sensu da Universidade do Sul Santa Catarina - UNISUL a alinhar-se ao Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) em 2003; seu Curso de Doutorado foi também o primeiro curso da instituição a ser aprovado pela CAPES em 2008; e, em 2017, o primeiro Programa da Universidade a ser avaliado com nota "5".

Dado seu pioneirismo, o PPGCL vem exercendo forte impacto na qualificação dos quadros pós-graduados das instituições de ensino superior e tecnológico de seu entorno. Em 31 de dezembro de 2017, o PPGCL havia titulado 344 mestres e 59 doutores (dentre os quais 16 mestres e 12 doutores no quadriênio 2017-2020).

Além disso, o Programa constitui forte referência nos estudos textuais, discursivos e culturais, com reconhecida liderança na promoção de eventos na área de letras e literatura, qualificada publicação, incluindo em seu portfólio os periódicos Linguagem em (Dis)curso (A1), Crítica Cultural (B1) e Memorare (B2), e sólido comprometimento com a vocação comunitária da Universidade do Sul de Santa Catarina.
 

Atualizado em 3 de maio de 2018.


Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061