PORTAL UNISUL     BIBLIOTECA     CONSULTA AO ACERVO     BASE DE DADOS      DISSERTAÇÕES     TESES     PORTAL DE PERIÓDICOS     MINHA UNISUL     FALE CONOSCO

Página Inicial > Notícias > Página Principal

 

Notícias

Página Principal

Notícias do Front

PPGCL na TV

Notícias de 2016

Notícias de 2015

Notícias de 2014

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Notícias de 2006

Notícias de 2005

Notícias de 2004

 

Notícias

Página Principal



Prof. Dr. Vinícius Nicastro Honesko, da UFPR, ministra palestra no PPGCL


(16/03/2017) O Professor da Universidade do Paraná (UFPR), Dr. Vinícius Nicastro Honesko ministrou, na última segunda-feira (13), a palestra “A Linguagem em Agamben”. O encontro ocorreu às 17 horas e 30 minutos na sala 212, do bloco B, do Campus Grande Florianópolis da Universidade do Sul de Santa Catarina.

 

Filosofia e linguagem, abordadas por Giorgio Agamben
 

O Prof. Dr. Vinícius apresentou uma conferência, proferida em um evento em São Paulo (2016), tecendo considerações em torno das relações entre filosofia e linguagem, abordadas por Giorgio Agamben, principalmente, nos livro “Categorias italianas” (Editora UFSC) e “Pulcinella” (ainda não lançado no Brasil).

 

Fazendo referência a várias outros textos e entrevistas com o filósofo italiano, Prof. Dr. Vinícius Honesko reafirmou a importância do pensamento de Agamben para a contemporaneidade, pois, para o italiano “filosofar é a coragem do pensamento”.

 

Segundo Agamben, “A casa de verdade é a linguagem, e eu desconfiaria de qualquer filósofo que iria deixá-la para outros – filólogos ou poetas – cuidarem desta casa “. À fala do Prof. Vinícius seguiu-se o debate, quando sustentou a concepção de que “a linguagem é uma questão de ética”, para com isso marcar a posição política do autor, diante das acusações de pessimismo com as quais se depara na crítica acadêmica. Nem pessimista e nem esperançoso (“uma esperança vazia”), mas uma “desesperança” que vem da ética do pensar contemporâneo. Neste sentido, o pensamento como coragem é a linha de fuga que o anima no presente. Nas palavras de Agamben, “Como diz Pulcinella: ubi fracassorium, ibi fuggitorium, onde há uma catástrofe, aí há uma linha de fuga.” Fazer filosofia, pensar a linguagem.

 

Prof. Vinícius Nicastro é doutor em Teoria Literária pela UFSC e professor adjunto no Departamento de História da UFPR. Também atua como tradutor e, dentre seus autores, estão: Jean-Luc Nancy, Pasolini, Giorgio Agamben e mais alguns esparsos publicados em revistas acadêmicas. É autor de "O paradigma do tempo: Walter Benjamin e messianismo em Giorgio Agamben".

 

PPGCL


Professora e doutoranda do PPGCL participam de congresso em Niterói-RJ


(14/03/2017) Foi realizado entre os dias 7 e 11 de março, no Campus do Gragoatá, na sede do Instituto de Letras da UFF, na cidade de Niterói, estado do Rio de Janeiro, o X Congresso Internacional da Abralin, que contou com a presença da Profa. Dra. Giovanna Benedetto, do PPGCL e sua orientanda Diane da Silva Zardo.


A Profa. Dra. Giovanna Benedetto participou do congresso e apresentou seu trabalho intitulado “O humor nas redes sociais: a sátira sobre a política em A Luta” e sua orientanda Diane da Silva Zardo, que também esteve presente no evento, apresentou seu trabalho intitulado "O corpo deficiente na inscrição dos discursos pedagógico, jurídico e midiático".


O X Congresso Internacional da Abralin celebrou os 48 anos de fundação da entidade, que tem concorrido, ao longo de quase meio século, para a promoção, a divulgação e a inovação da pesquisa linguística brasileira, em sua feição teórica e prática, em parceria internacional. O tema do X Congresso Internacional da Abralin contempla e destaca o papel social e histórico da atividade científica praticada na área da Linguística, no viés da pesquisa e do ensino-aprendizagem de línguas, entre outros setores, envolvendo questões tais como o retorno social dos produtos intelectuais da área, as práticas inovadoras, a formação discente para a cidadania, o preconceito linguístico, a reflexão sobre ética na pesquisa e na manipulação de dados, entre outros constantes da pauta do século XXI.

 

 

PPGCL


Bate-papo promove reflexão sobre o Dia Internacional da Mulher


(10/03/2017) Foi realizado na última terça-feira (7), no Auditório G do campus Pedra Branca, um bate-papo que teve como objetivo debater a importância do Dia Internacional da Mulher e convocá-las para o movimento 8M, realizado no último dia 8 de Março. O evento contou com a participação das Professoras do PPGCL, Dra. Ramayana de Souza e Dra. Ana Cernicchiaro.

 

Bate-papo sobre Elas

 

O evento teve diversos temas abordados, como, por exemplo, os desafios da mulher no século XXI, a mulher no mercado de trabalho, a mulher e a tripla jornada diária, mitos e tabus sobre a igualdade no mundo feminino e mulheres que fizeram a diferença no mundo, além de enaltecer a importância do Dia Internacional da Mulher.

 

Esta data foi adotada pelas Nações Unidas para lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres. O dia 8 de Março foi designado na virada do século XX, no contexto da Segunda Revolução Industrial e da Primeira Guerra Mundial, quando ocorre a incorporação da mão-de-obra feminina, em massa, na indústria. A partir desta data, as mulheres tiveram muitas conquistas, mas seguem lutando pelos seus direitos. Muitas mulheres fizeram história como artistas, cantoras, pintoras, juízas, inventoras, dentre outras.

 

Além das professoras do PPGCL, estiveram presentes no evento a liderança do movimento Indígena, Kerexu Yxapyry, a cientista política Carla Salasário Ayres, a representante do Movimento Negro Unificado, Vanda de Oliveira Pinedo, a advogada do movimento 8M, Iris Gonçalves Martins e a realizadora do evento, Cintia Domit Bittar.


PPGCL


PPGCL dá início às atividades letivas de 2017

 

(02/03/2017) A primeira semana do mês de março está sendo marcada pelo início das atividades letivas de 2017 dos cursos de Mestrado e de Doutorado em Ciências da Linguagem - PPGCL. Na quinta-feira (2), as aulas iniciaram para os estudantes da unidade de Tubarão e, segunda-feira (6), para os estudantes da unidade da Pedra Branca.

 

Ano de 2017 inicia-se com Tópicos Especiais

 

Na quinta-feira (6), iniciaram-se as atividades letivas para os estudantes de Mestrado e de Doutorado em Ciências da Linguagem da unidade de Tubarão. As disciplinas iniciadas foram: Tópicos Especiais em Teoria de Conciliação de Metas com o Dr. Fábio José Rauen; Tópicos Especiais em estudos sobre o imaginário social com a Dra. Heloisa Moraes; Tópicos Especiais em relações de poder: memória e esquecimento com a Dra. Andréia Daltoé e Tópicos Especiais em fronteiras culturais, territórios e dinâmica social na pós-modernidade com a Dra. Deisi de Farias.

 

Na segunda-feira (6) será a vez do campus da Pedra Branca dar início às atividades letivas de 2017. Serão iniciadas as seguintes disciplinas: Tópicos Especiais em discursividades online e textualidades digitais com a Dra. Solange Maria Leda Gallo; Tópicos Especiais em discurso, cultura e mídia com a Dra. Giovanna Gertrudes Benedetto Flores e Dra. Nádia Régia Maffi Neckel; Tópicos Especiais em cinema, política e cultura - Máquinas para ver filmes I: (Anti-)Édipo e Antígona com a Dra. Ramayana Lira de Sousa e Tópicos Especiais em teorias da imagem com o Dr. Antônio Carlos Gonçalves dos Santos.

 

As disciplinas denominadas Tópicos Especiais consistem em discussões teórico-práticas emergentes, correlacionadas com a área de concentração e linhas de pesquisa do PPGCL.

 

 

PPGCL


Dra. Andréia Daltoé realiza estágio na Sorbonne


(15/12/2016) A Profa Dra. Andréia Daltoé do PPGCL retorna no próximo dia 27 de dezembro do estágio de Pós-doutorado realizado na Université de Paris 13 Sorbonne Paris Cité, Campus de Villetaneuse, França, sob a supervisão da Profa. Dra. Marie-Anne Paveau.


Cronograma intenso

 

Durante seu estágio, Andréia trabalhou parte do Projeto de pesquisa que realiza sobre a Comissão Nacional da Verdade e a Comissão Estadual da Verdade de SC, em seu Pós-doutoramento no Instituto de Estudos da Linguagem – IEL/UNICAMP, sob a supervisão da Profa. Dra. Eni P. Orlandi.


Além das reuniões de orientação com Dra. Paveau, a professora participou do Seminário “Les discours qui n’existent pas”, na Université Paris 13, Campus Villetaneuse, que contou com a apresentação dos trabalhos de Marie-Anne PAVEAU (Université Paris 13, Pléiade): Parler à la place de l’autre : l’appropriation discursive en contexte de domination; Patricia VON MÜNCHOW (Université Paris Descartes, laboratoire EDA): Dire et ne pas dire : analyser 25 ans de discours familial sur la vie dans l’Allemagne nazie et d’après-guerre; Quentin DELUERMOZ (Université Paris 13, Pléiade): Peut-on faire l’histoire de ce qui n’est pas advenu, et quel est le statut de cette enquête?


Também no período do estágio, Andréia apresentou trabalho no IV JADIS e II JIED, evento de Análise do Discurso que aconteceu, de 26 a 28 de outubro, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Portugal. Participou ainda de Seminários, que aconteceram na Université Paris-Sorbonne (Paris IV) e na École des Hautes Études en Sciences Sociales, e realizou pesquisas na Biblioteca Nacional da França e na Biblioteca do Institut Mémoires de L’Édition Contemporaine – IMEC, Abbaye d’Ardenne, Caen, onde teve acesso ao Fundo Michel Pêcheux, que se encontra neste Instituto juntamente com os Fundos M. Foucault e L. Althusser.


Segundo a Profa. Andréia, sua estada em Caen representou uma experiência riquíssima e única, devido ao acesso aos manuscritos de Pêcheux, precursor da Análise do Discurso (AD) na França: “em 3 dias de leitura intensa, pude acompanhar um pouco do trajeto das pesquisas realizadas pelo autor em anotações, recortes de jornais, rascunhos, textos datilografados, rabiscos, fichas de leituras, etc. Enfim, um material valiosíssimo sobre os fundamentos desta teoria que fazemos continuar vivamente no Brasil”.

 


PPGCL


 

MAIS NOTÍCIAS DO PROGRAMA

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061