Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

258


Escola vivida – fragmentos do ethos do Colégio Dehon: uma análise discursiva em depoimentos de alunos, professores e dirigentes

 

Erly Perini Popoaski


Dia 13 de abril de 2012, às 9 horas e 15 minutos.

Sala de Treinamento, Bloco A, do Campus Sul da Unisul.

Dra. Maria Marta Furlanetto – UNISUL (orientadora);

Dr. João Carlos Cattelan – UNIOESTE (avaliador);

Dra. Albertina Felisbino – UNISUL (avaliadora);

Dr. Sandro Braga – UNISUL (avaliador); e

Dra. Andréia da Silva Daltoé – UNISUL (suplente).


Resumo:

 

O presente estudo é uma análise discursiva a partir dos depoimentos de alunos, professores e dirigentes, recortados do livro: Memória Pedagógica do Colégio Dehon (2008). A partir do referencial teórico da Análise do Discurso (Pêcheux e Orlandi) e da noção de ethos (Maingueneau), procurou-se problematizar os dizeres identificando processos e sentidos que os constituíram e os constituem. Em seu processo constituidor, a linguagem só poderá ser estudada considerando a realidade social, pois seus sentidos são histórico-sociais. O estudo procurou compreender como os sujeitos e os sentidos se mostram [ethos] no espaço discursivo dos depoimentos. Ao recorrer ao termo ethos, procurou-se evidenciar a noção de corpo enunciante e cenografia (Maingueneau) que se apresentam na enunciação, ampliando para a compreensão da escola como organização cultural (Morgan). Estes cruzamentos permitiram pôr em evidência uma ação conjunta desse Estabelecimento Escolar sobre seus professores, alunos e dirigentes, articulada através de maneiras de conceber, de pensar, organizar e realizar a educação e a prática escolar. A ideia de ethos escolar surge na década de oitenta, nas abordagens simbólicas da escola como organização. Trata-se de entender o ethos como um processo de construção social das representações da vida interna da escola e das suas relações com a realidade sócio-histórica em que se constitui. Nesta perspectiva, constata-se que a escola tem crenças, valores e significados compartilhados, fragmentados ou integrados, que se manifestam na linguagem e nos sentidos. Observando este movimento nos depoimentos que são objeto deste estudo, percebe-se a presença de um ethos humanista que ultrapassa o tempo e a história e se faz presença na concepção de educação, na missão, nos objetivos, nas relações interpessoais, nos projetos interdisciplinares, no espaço físico e nos símbolos que fazem a maneira de ser do Colégio Dehon – ou seja, sua identificação histórica.

 

Palavras-chave:

 

Análise de discurso. Ethos. Colégio Dehon.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061