Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

256


Influência do gabarito na correção de interpretação textual por docentes de língua portuguesa: análise com base na Teoria da Relevância

 

Marina de Lima Cardozo


Dia 9 de dezembro de 2011, às 15 horas;

Sala de Treinamento do Bloco A do Campus Sul da Unisul;

Dr. Fábio José Rauen – UNISUL (orientador);

Dra. Sídnei Cursino Guimarães Romão – UFU (avaliadora);

Dra. Andréia da Silva Daltoé – UNISUL (avaliadora); e

Dra. Maria Marta Furlanetto – UNISUL (suplente).


Resumo:

 

Este estudo de caso verificou, com base no aparato descritivo e explanatório da Teoria da Relevância de Sperber e Wilson (1986, 1995), a influência de um gabarito na avaliação de cinco docentes de Língua Portuguesa em seis interpretações do texto O que é filosofia?, elaboradas por seis estudantes verossímeis do ensino médio. Para dar conta dessa demanda, analisou-se o texto de base a partir das noções teóricas de forma lógica, explicatura e implicatura. Fundamentado nessa análise, aplicaram-se cinco questões interpretativas a alunos da primeira série de uma escola de ensino básico da rede pública estadual do município de Orleans, SC. A partir das respostas desses alunos, elaboraram-se seis interpretações verossímeis com diferentes graus de fidelidade textual a um gabarito especialmente construído para a avaliação da tarefa. Em seguida, solicitou-se a cinco docentes de Língua Portuguesa que, de posse do texto e do gabarito, corrigissem as interpretações e justificassem os respectivos critérios de avaliação. Os dados sugerem que as variáveis ‘tipo de resposta’ e ‘atribuição de acerto’ estão correlacionadas estatisticamente, pois 81.33% das respostas textuais foram aprovadas contra 22,66% das respostas inferenciais e 5,33% das respostas textuais foram reprovadas contra 49,33% das respostas inferenciais, apontando que as respostas que se aproximarem textualmente às respostas gabaritadas tendem a ser mais aprovadas. Além disso, há um decréscimo da nota potencial dos estudantes à medida que a quantidade de respostas inferenciais aumenta. Apesar de as respostas, em tese, serem corretas, apenas metade delas foi aprovada pelos docentes, não havendo evidências de interferência das questões elaboradas ou do docente avaliador nesse processo. Todavia, do ponto de vista qualitativo, os achados sugerem que a avaliação foi feita com base nas inferências autorizadas pelos docentes com base em sua interpretação tanto do texto como do gabarito, verificando-se evidências de diferentes graus de consideração do gabarito conforme o profissional.

 

Palavras-chave:

 

Teoria da relevância. Interpretação. Correção. Gabarito.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061