Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

252


Análise crítica do discurso nos estudos de violência relacional: homens violentados por mulheres nos gêneros boletim de ocorrência e termo circunstanciado

 

Manoel Sebastião Nascimento Junior


Dia 13 de julho de 2011, às 10 horas;

Cine Pedra Branca, Bloco A, do Campus da Grande Florianópolis da Unisul;

Dr. Maurício Eugênio Maliska – UNISUL (orientador);

Dra. Susana Borneo Funck – UFSC (avaliadora);

Dr. Fábio José Rauen – UNISUL (avaliador); e

Dra. Solange Maria Leda Gallo – UNISUL (suplente).


Resumo:

 

A violência relacional é compreendida como um problema social que apresenta uma dinâmica multifacetada, que não pode ser restrita apenas as categorias analíticas. Estudos anteriores sobre gênero social se detinham esta situação apenas as mulheres, porém, atualmente observa-se que se haviam homens que agrediam e/ou violentavam mulheres no âmbito relacional, encontra-se, por outro lado, mulheres que também estão assumindo esta postura. Ou seja, novos modelos de masculinidade e feminilidade estão surgindo na modernidade tardia, o que de fato, leva a acreditar que as pesquisas sobre gênero social devem se encaminhar para questões sociais que focam no sujeito social. Para tanto, a abordagem teórica utilizada neste trabalho é baseada nos pressupostos teórico-metodológico da Análise Crítica do Discurso (ACD), pois esta considera que alguns fenômenos sociais são advindos do discurso, sendo este considerado como uma prática social. Tendo isto em vista, o gênero discursivo aqui analisado é o Boletim de ocorrência e o Termo Circunstanciado que servem de ferramenta para a análise linguística neste trabalho. As análises sobre estes documentos envolveram dois aparatos metodológicos, ou seja, a gramática sistêmica funcional desenvolvida por Halliday (1985) que é relevante para uma compreensão sobre os diferentes gêneros textuais, quanto uma análise sócio semiótica sobre os atores sociais representações sociais desenvolvida por Theo Van Leeuwen (1997) foi utilizada sobre estes documentos.

 

Palavras-chave:

 

ACD. Transitividade. Homens e Masculinidades. Representação Social.


  versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061