Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

242


Encontros e desencontros na dramaturgia do século XIX: um olhar sobre o gênero em Amélia Smith e A Casa de Bonecas

 

Maristella Letícia Selli


Dia 1º de julho de 2011, às 10 horas e 30 minutos

Sala de Treinamento do Bloco A do Campus de Tubarão da Unisul

Dra. Alessandra Soares Brandão – UNISUL (orientadora);

Dra. Simone Pereira Schmidt – UFSC (avaliadora);

Dra. Ramayana Lira de Sousa – UNISUL (avaliadora); e

Dra. Dilma Beatriz Rocha Juliano – UNISUL (suplente)


Resumo:

 

Esta dissertação tem por objetivo proporcionar um diálogo entre as peças teatrais de Henrik Ibsen, Casa de Bonecas (1879), e de Visconde de Taunay, Amélia Smith (1886), ambas escritas no século XIX, em plena efervescência do drama burguês. As personagens principais das duas peças, Nora e Amélia, respectivamente, têm o núcleo dramático centrado em seus dramas pessoais e nas relações que ambas possuem com as instituições sociais como o casamento, a família e a Igreja. Neste embate reside um dos elementos relevantes que é a constituição das mulheres como sujeito, a formação de suas identidades e a forma como as personagens transgridem os conceitos sociais do que é o feminino. Para isso, faz-se uma leitura contemporânea do gênero feminino através da leitura de Lipovetsky (2000), Showalter (1994), Foucault (1979) e Lauretis (1994), buscando evidenciar os pontos de convergência e divergência das personagens em relação à sociedade oitocentista e a contemporaneidade. É relevante destacar que o estudo das peças se centrou no texto e não na performance teatral.

 

Palavras-chave:

 

Gênero feminino. Identidades. Teatro.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061