Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

221


A migração poética: as metáforas do mito de Lilith em composições de Rita Lee

 

Liomar Vanderlan Fernandes


Dia 16 de julho de 2010, às 10 horas

Sala de Treinamento do Bloco Sede do Campus de Tubarão da Unisul

Dra. Jussara Bittencourt de Sá – UNISUL (orientadora);
Dra. Roseméri Laurindo – FURB (avaliadora);
Dra. Maria Marta Furlanetto – UNISUL (avaliadora); e
Dra. Heloisa Juncklaus Preis Moraes – UNISUL (suplente)


Resumo:

 

Esta dissertação apresenta um estudo sobre a linguagem artística, tendo como foco as canções de Rita Lee, que compõem a obra Rita Lírica, de autoria da própria compositora, editada em 1996. O objetivo geral é analisar o Mito de Lilith, evidenciando o caráter dialógico de linguagens artísticas, como a da música e da literatura. Para tanto, elegeu-se como objetivo específico, avaliar as metáforas que enunciam a migração/transfiguração do Mito de Lilith, em canções de Rita Lee. A análise empreendida utilizou pressupostos da teoria literária destacados por Massaud Moisés e da análise da produção em versos (poesia/canção) de Antonio Candido. Os autores preconizam a relevância da fragmentação do texto literário, neste caso, da canção, com vistas a conhecê-lo nos ingredientes que o estruturam, possibilitando a tradução da linguagem poética. Os procedimentos para a análise que se empreende procuraram observar tanto a palavra e seu papel/relação na composição, quanto o discurso, interpretação desta. A leitura da produção poética aportou-se nas reflexões de Paul Ricoeur sobre a metáfora, destacando-a como elemento que promove/possibilita interpretações e intertextualidades. Neste sentido, recorreram-se, também, às considerações de M. Bakhtin, em especial, suas reflexões sobre a intertextualidade da linguagem artística. As narrativas e as representações do Mito de Lilith, a partir de diferentes concepções, migraram e encontraram eco também nos enunciados da história das mulheres e de momentos da biografia da Rita Lee. Destaca-se a relevância desta pesquisa, dentre outros aspectos, por sua proposta de investigação da representação do imaginário humano em diferentes pontos, possibilitando reflexões sobre a linguagem artística enquanto representação da vida pensada e/ou vivida. Verificou-se que a arte suscita a ocorrência da migração das narrativas do imaginário, que demarcam as culturas por intermédio da simultaneidade de discursos e sujeitos no espaço/tempo caracterizado por ambientes mitológicos.
 

Palavras-chave:

 

 Mito. Metáfora. Lilith. Rita Lee. Linguagem Artística.


versão integral (em breve)

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061