Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

210


Análise de aspectos da linguagem radiofônica no programa Bom dia litoral

 

Leonir Alves


Dia 8 de dezembro de 2009, às 15 horas

Sala de Treinamento do Bloco Sede do Campus de Tubarão da Unisul

Dra. Jussara Bittencourt de Sá – UNISUL (orientadora);

Dr. Clóvis Reis – FURB (avaliador);

Dra. Albertina Felisbino – UNISUL (avaliadora); e

Dr. Sandro Braga – UNISUL (suplente)


Resumo:

 

Este estudo apresenta uma análise da linguagem radiofônica, a partir de reflexões sobre o lugar da identidade e da cultura que ecoam dos enunciados e enunciações. Para tanto, delimitou-se como corpus de investigação seis edições radiofônicas, datadas no período de janeiro e fevereiro de 2008, do programa Bom Dia Litoral. Este programa é veiculado pela Rádio Maristela AM, localizada no município de Torres, RS. Como aportes metodológicos foram utilizados os pressupostos da análise de conteúdo de Bardin (2007), e de Meihy (1998), sobre a história oral. Como aporte teórico, recorreu-se às reflexões de Ferraretto (2001), Ortiz e Marchamalo (1997) sobre a comunicação radiofônica, a Bakhtin (1995), sobre a linguagem, e a Bhabha (2003) e Hall (2000), sobre a cultura e identidade, dentre outros. A análise procurou observar a composição do referido programa, veiculado por uma emissora da Igreja Católica, localizada em um município litorâneo de divisa estadual. As reflexões transitaram pelos códigos (microcódigos e macrocódigos) da comunicação radiofônica, ensejando a investigação da composição dos enunciados e enunciações. Nestes foram avaliados a identidade e a cultura, na linguagem radiofônica. Investigaram-se, também, a história do rádio em diálogo com a Igreja Católica, como tentativa de avaliar o espaço ocupado para a propagação da religião. As edições do programa Bom Dia litoral enunciam que, na Rádio Maristela, o diálogo da Igreja Católica com os MCS, acontece de maneira peculiar, na medida em que a ocupação do tempo para a pregação é extremamente restrita, entretanto os valores cristãos, solidariedade, união, participação, caridade, entre outros, são passados indiretamente pelos enunciados veiculados pelo programa Bom Dia Litoral. A análise salientou as especificidades que contribuem para a concepção de que a linguagem radiofônica torna-se importante demarcadora da identidade e da cultura. Destacaram-se, também, como diferentes tempos e lugares podem ecoar através da linguagem radiofônica.

 

Palavras-chave:

 

Comunicação, linguagem radiofônica, cultura, igreja católica.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061