Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

203


A consciência fonológica na alfabetização e a preparação do professor – estudo de caso

 

Lucimar Ferreira da Silva Oliveira


Dia 31 de julho de 2009, às 15 horas e 30 minutos

Sala 102 do Bloco Sede do Campus de Tubarão da Unisul

Dra. Mariléia Silva dos Reis – UNISUL (orientadora);

Dra. Leonor Scliar Cabral – UFSC (avaliadora);

Dra. Eliane Santana Dias Debus – UNISUL (avaliadora); e

Dra. Maria Marta Furlanetto – UNISUL (suplente)


Resumo:

 

O objetivo geral desta pesquisa consiste em avaliar a influência de um minicurso a futuros alfabetizadores trabalhando a consciência fonológica, com base nos princípios do sistema alfabético do português do Brasil (SCLIAR-CABRAL, 2003a; b), com e para o letramento. Evidenciam-se também possíveis contradições ontológicas comumente encontradas nos materiais didáticos adotados na aprendizagem inicial da leitura, a saber: (i) entre o conceito de alfabetização e o conceito de letramento, mesmo depois da adoção do ensino fundamental de nove anos; (ii) entre a relação grafemas e fonemas do português do Brasil. Metodologicamente, tal minicurso foi estruturado como parte integrante dos conteúdos propostos em uma disciplina curricular do 5º semestre de Pedagogia, e foi ministrado em três etapas: (i) pré-teste: aplicação de dez questões (questionário) a 14 sujeitos; (ii) intervenção docente na aplicação de um minicurso; e (iii) pós-teste: reaplicação do mesmo instrumento de avaliação (questionário) ao término do minicurso. Os pressupostos teórico-metodológicos norteadores da pesquisa têm como base a psicolinguística, os avanços das neurociências para a aprendizagem inicial da leitura, e os princípios do sistema alfabético do português do Brasil (SCLIAR-CABRAL, 2003a, p. 50-51), no que diz respeito ao trabalho com a consciência fonológica na aprendizagem inicial da leitura. Os resultados evidenciam que, embora os sujeitos investigados tenham demonstrado despreparo teórico-metodológico sobre a consciência fonológica na alfabetização, este comportamento inicial pôde ser amenizado com o minicurso ministrado, o que nos remete à importância de os espaços de aula sobre o referido conteúdo serem ampliados. Há que se rediscutir: (i) os fatores envolvidos na aprendizagem inicial da leitura, cujo enfoque seja a premissa de que “LER” é diferente de “APRENDER A LER”; (ii) a importância de se firmarem, nos semestres posteriores, os conhecimentos linguísticos (estruturais) e metalinguísticos, sobretudo em termos de fonologia e as relações entre ela e a aprendizagem inicial da leitura na formação dos futuros docentes-alfabetizadores.

 

Palavras-chave:

 

Consciência fonológica, aprendizagem inicial da leitura, formação docente.


versão integral

 
 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061