Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

181


Revoluções da Linguagem Estética: A Escola Bauhaus (1919-1933)

 

 

                                         Jorge Elias Dolzan


Dia 05 de dezembro de 2008, às 15 horas

Sala de treinamento do bloco A do Campus Sul da Unisul

Dr. Aldo Litaiff – UNISUL (orientador);

Dra. Anita Prado Koneski – UDESC (avaliadora);

Dra. Jussara Bittencourt de Sá - UNISUL (avaliadora); e

Dr. Fábio de Carvalho Messa - UNISUL (suplente)


Resumo:

 

Este trabalho pretende mostrar que a história do design, entendido aqui como linguagem, foi marcada por revoluções. A gênese do design ocorre durante a Revolução Industrial, entretanto foi no período entre as duas Grandes Guerras do Século XX, que a Escola Bauhaus definiu esta área, possibilitando sua compreensão e ação profissional. Influenciada pelo Círculo de Viena, Escola de Frankfurt e de Praga, esta instituição definiu o design e a linguagem estética moderna. O objetivo deste trabalho é o de analisar a contribuição da Bauhaus para a “revolução” da estética do design e, consequentemente, da linguagem estética moderna. Além da validação do momento histórico, esta dissertação apresenta a análise de duas cadeiras (um da Art Noveau e a outra da Bauhaus) e de projeto de design de interiores contemporâneos, possibilitando perceber que o que foi desenvolvido nessa Escola ainda continua sendo símbolo de modernidade, linguagem estética inexistente antes de sua época.
 

Palavras-chave:

 

Design, linguagem, estética, paradigma, revolução.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061