Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

104


Maníaco da bicicleta: da construção de um mito ao discurso sensacionalista.

 

Marília Crispi de Moraes Maciel


Dia 10 de agosto de 2006, ás 14 horas
Sala 215 H do Campus Pedra Branca – Palhoça
Dr. Fábio de Carvalho Messa – UNISUL (orientador)
Dr. Francisco José Castilhos Karam – UFSC (avaliador)
Dr. Fernando Simão Vugman – UNISUL (avaliador)
Dra. Marci Fileti Martins – UNISUL (suplente)


Resumo:

 

A construção de mitos noticiosos como estratégia sensacionalizante dos textos jornalísticos é o tema dessa pesquisa. A abordagem parte de teorias da semântica e da pragmática para verificar evidências de construção de realidades pela imprensa. A cobertura midiática do caso policial “Maníaco da Bicicleta” serve de suporte à pesquisa e mostra como a imprensa utiliza a função referencial da linguagem para fins de convencimento em suas campanhas. Amparado no mito da isenção, o jornalismo aposta na credibilidade da opinião pública para transformar-se em núcleo de poder na sociedade pós-moderna. Para manter viva a credibilidade através da aparente isenção, o jornalismo recorre a uma falsa polifonia quando oferece aos consumidores de notícias opiniões de pessoas diferentes, porém com o mesmo ponto de vista. Os discursos das autoridades competentes servem apenas para ratificar visões estereotipadas repetidas continuamente pela imprensa. Através da aplicação de teorias semânticas e pragmáticas aliadas a uma visão multidisciplinar é possível interpretar os textos jornalísticos com maior clareza para desconstruir os mitos e as realidades inventadas.

 

Palavras-chave:

 

Mito, pragmática, semântica, sensacionalismo.


versão integral

 
 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061