Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

093


(Des)leituras de uma identidade visual

 

Álvaro Roberto Dias


Dia 10 de julho de 2006, à 10 horas

Sala 215 H do Campus Pedra Branca

Dr. Luiz Felipe Guimarães Soares - UNISUL (orientador);

Dr. André Villas-Boas – PUC-RJ (avaliador);

Dr. Antônio Carlos Gonçalves dos Santos - UNISUL (avaliador);

Dr. Aldo Litaiff  - UNISUL (suplente)


Resumo:

 

Na presente dissertação discuto a identidade visual e suas leituras. Para isso fui buscar dados no trabalho desenvolvido por mim no Núcleo de Gestão de Design (ou NGD), grupo de pesquisa interdisciplinar formado por pesquisadores, professores e acadêmicos degraduação e pós-graduação, do curso de Design da Universidade Federal de Santa Catarina.O NGD, em parceria com o Instituto de Planejamento e Economia Agrícola deSanta Catarina (Instituto Cepa/SC)1, vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura e DesenvolvimentoRural, iniciou o desenvolvimento, em setembro de 2003, da criação de uma identidadevisual (conjunto de elementos gráficos que constroem a caracterização ou identificaçãovisual de um nome, idéia, produto ou serviço) para um grupo de agricultores familiares daregião de Canoinhas, Santa Catarina, que, até então, vendiam seus produtos nas feiras semidentificação ou marca 2.O trabalho desenvolvido pelo NGD para o grupo de agricultores de Canoinhas, oAgrupar, consistiu da elaboração da identidade visual e da orientação de sua aplicação nos1 Em decorrência da reforma administrativa do governo de Santa Catarina, em 22 de junho de 2005 o Instituto Cepa foi incorporado à Epagri e substituído pelo Centro de Estudos de Safras e Mercados – Cepa (um centro especializado em informação e planejamento para o desenvolvimento agrícola, pesqueiro e florestal de Santa Catarina, localizado junto à Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural), mantendo os serviços e projetos realizados até então. 2 Conjunto formado pelo símbolo (um sinal gráfico que substitui o registro do nome da instituição, também éconhecido como signo e, muitas vezes chamado de “marca”) e pelo logotipo (forma particular e diferenciada com o qual o nome da instituição é registrado nas aplicações. O logotipo muitas vezes é chamado simplesmente de logo – embora esta abreviação lhe tire justamente uma característica fundamental: ele é necessariamente composto por letras), normatizado quanto à posição de um relacionado ao outro e a proporção entre eles. Também é denominada assinatura visual. produtos. Foram entregues para seus representantes em fevereiro de 2004 junto com uma pesquisa de aceitação e entendimento da marca. Não fizeram parte do trabalho o levantamento e a avaliação dos efeitos causados pela identidade visual sobre a percepção do grupo pela comunidade nem sobre a percepção do grupo de si mesmo. Parece que, para o Design em geral, a metodologia e o processo de desenvolvimento gráfico de uma identidade visual são suficientes para garantir seu sucesso. A questão é: quais são as bases dessa suficiência e o que significa o termo “sucesso”? Profissionalmente não fiquei satisfeito com a forma pela qual o projeto foi concluído; achar suficiente só o resultado gráfico demonstra uma falta de visão do impacto que um trabalho como esse causa, além da amplitude de sua execução. Não acompanhar a implantação da identidade, com as dificuldades e os acertos, deixa uma sensação de abandono, tanto do grupo como do logotipo, à própria sorte, impressões que pretendo justificar ao longo do trabalho aqui desenvolvido. Em outras palavras, meu objetivo é mostrar que o desenvolvimento de uma identidade visual exige do profissional de comunicação um trabalho constante de acompanhamento e aplicação da marca. E que a autoria inicial se perde (e isso o profissional responsável deve ter a humildade de aceitar) na medida em que a divulgação dá a oportunidade do consumidor também construir essa mesma marca através de suas múltiplas leituras.
 

Palavras-chave:

 

 Identidade visual, identidade cultural, design, etnologia.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061