Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

091


A expansão urbana de Tubarão(SC): uma perspectiva semiótica de análise.

 

Maria Arlete Goulart Piucco


Dia 3 de julho de 2006, às 14 horas

Sala Olavo Bilac do Campus Sul da Unisul

Dr. Mário Guidarini – UNISUL (orientador);

Dra. Fátima Elizabeti Marcomin – UNISUL (avaliadora);

Dr. Wilson Schuelter – UNISUL (avaliador); e

Dra. Mariléia Silva dos Reis – UNISUL (suplente)


Resumo:

 

Este trabalho tem como principal objetivo analisar a expansão urbana de Tubarão, a partir de 1990, e seus principais vetores, com base em dois documentos-referência: documentos verbais, constituídos de entrevistas e documentos não-verbais (fotografias aéreas), numa interface das análises geográficas de Beaujeu-Garnier (1997) e Lefebvre (1991), com a semiótica de Charles Peirce (1977) e a de Charles Morris (1976). Optou-se por estudar a Semiótica de Peirce e de Morris na leitura da evolução urbana de Tubarão em função da grande diversidade sígnica dos espaços urbanos e da sua importância na atribuição do significado a partir do contexto estudado. As análises dos textos verbais apontam para a importância do sistema de referência do intérprete e do conhecimento, para a decodificação dos textos não-verbais na identificação dos vetores que contribuíram para a expansão urbana em análise.
  

Palavras-chave:

 

Análise semiótica, expansão urbana, vetores.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061