Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

079


Xondaro - uma etnografia do mito e da dança guarani como linguagens étnicas

 

Mara Souza Ribeiro Mendes


Dia 9 de março de 2006, às 14h 30min, Sala 323H

Campus da Pedra Branca, Palhoça – SC

Dr. Aldo Litaiff – UNISUL (orientador)
Dra. Maria Dorothea Post Darella – UFSC (avaliadora)
Dra. Marci Fileti Martins – UNISUL (avaliadora)
Dr. Fernando Simão Vugman– UNISUL (suplente)


Resumo:

 

Esta pesquisa é um estudo antropológico sobre o discurso mítico e as danças rituais dos Mbya-Guarani do Morro dos Cavalos, Palhoça, Santa Catarina. Com base na pesquisa de campo, pesquisa bibliográfica e no registro fotográfico do cotidiano da aldeia, procurou-se analisar o binômio mito-rito enquanto elemento organizador do sistema social dessa comunidade, em especial a Arte Xondaro, traçando a relação entre o discurso mítico, os elementos do cotidiano e o ritual. Apresentou-se o panorama histórico e geográfico do Morro dos Cavalos enquanto terra indígena, abordando-se algumas especificidades culturais do grupo Mbya-Guarani ali residente. Procedeu-se à análise do Ciclo dos Irmãos, mito Guarani que embasa a Arte Xondaro da qual realizou-se a etnografia das danças e letras de determinadas canções, bem como dos instrumentos musicais que as acompanham. Esta pesquisa busca um maior entendimento da cultura e sociedade Guarani e enseja sensibilizar um maior número de pessoas para a questão da causa indígena.  

 

Palavras-chave:

 

Antropologia, linguagem, dança, mito/rito, xondaro.


versão integral

 

 
 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061