Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

042


Ver com olhos livres’: uma ressignificação da obra de arte pública na cidade de Florianópolis 

 

Evani Barbosa Nadas


16 de dezembro de 2004 (quinta)

14 horas - Cine Pedra Branca – Unisul

Prof. Dr. Aldo Litaiff, Unisul (orientador)

Profa. Dra. Kátia Maheirie, UFSC

Prof. Dr. Fernando Vugman, Unisul

Prof. Dr. Luiz Felipe Soares, Unisul (suplente)


Resumo:

 

Esta pesquisa propõe abordar uma forma de interpretar a arte pública inserida no contexto da cidade de Florianópolis e de que forma esta arte dialoga com a linguagem urbana e com a população da cidade. Tendo como hipótese que o objeto artístico, o indivíduo que o aprecia mais o grupo onde este indivíduo está inserido, formam uma unidade a ser lida e ressignificada. O indivíduo que interpreta a obra pensa, deseja, se emociona, lembra, aponta, interfere e produz conhecimento a respeito daquilo que vê e cria contextos concretos de interações. Esta abordagem é uma tentativa de sair da dualidade sujeito-objeto presente no quadro geral de leitura de obra de arte. A busca em superar este discurso dualista se dá através da comunicação, entendendo a linguagem, não como uma mediação como no pensamento cartesiano e sim, como um equipamento humano que possibilita interações. A idéia principal desta pesquisa é possibilitar uma análise da obra de arte pública da cidade de Florianópolis, tendo como pano de fundo as teorias de Davidson e Rorty, buscando no Neo-Pragmatismo, fundamentos teóricos para a ampliação desta idéia e metodologia.

 

Palavras-chave:

 

Arte pública, interação, triangulação.


versão integral apenas em suporte impresso

 
 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061