Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

033


Textos orais de informantes caboclos de Caçador (SC): questões de variação diatópica

 

Nálgis de Fátima Wagner


03 de setembro de 2004

9 horas - Sala Lindolfo Bell do Centro de Pós-Graduação do Campus Tubarão

Dra. Mariléia Silva dos Reis – UNISUL (orientadora)

Dra. Izete Lehmkuhl Coelho  UFSC (avaliadora)

Dra. Marci Fileti Martins – UNISUL (avaliadora)

Dr. Adair Bonini – UNISUL (suplente)


Resumo:

 

Este estudo faz uma análise do comportamento da concordância nominal de número a partir de três amostras de textos: amostra 1 (textos orais informais), amostra 2 (textos orais formais) e amostra 3 (textos escritos) de informantes da etnia cabocla de Caçador (SC). Com base nos pressupostos teóricos-metodológicos da Teoria da Variação e Mudança Lingüística, observamos a influência dos grupos de fatores de natureza lingüística e extralingüística (fatores internos e externos) nestas amostras. A análise dos dados apresenta-se em duas etapas: (a) descrição e análise das variáveis selecionadas em textos orais informais de um estudo de caso com informantes de etnia cabocla do município de Caçador (amostra 1) e confronto alguns resultados obtidos (na amostra 1) com aqueles obtidos nas pesquisas de Scherre (1988), Fernandes (1996) e Andrade (2003); (b) correlação dos resultados das amostras 1, 2 e 3 desta presente pesquisa. Através da formalidade e informalidade no texto oral e escrito, apresentaremos uma análise da variação no uso da concordância nominal de número no português do Brasil, que se firma no apagamento de morfemas designativos de plural em termos do sintagma nominal.

 

Palavras-chave:

 

Sociolingüística, variação lingüística, concordância nominal.


versão integral

 
 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061