Página Inicial > Dissertações > Dissertações Defendidas > Resumos de Dissertações

 

Dissertações

Dissertações Validadas

Dissertações Defendidas

Editais de Dissertações

 

Dissertações

Resumos de Dissertações


 

030


Proposta curricular de Santa Catarina: um lugar de confronto  entre o discurso pedagógico e o discurso científico

 

Perpétua Guimarães Prudêncio


14 de julho de 2004

14h - Sala Cecília Meirelles do Centro de Pós-graduação de Tubarão

Dra. Marci Fileti Martins UNISUL (orientadora)
Dra. Albertina Felisbino - UNISUL (avaliadora)
Dra. Solange Maria Leda Gallo UNISUL (avaliadora)
Dr. Fábio José Rauen UNISUL (suplente)


Resumo:

 

O presente trabalho, baseando-se nos dispositivos teóricos e analíticos da Análise do Discurso (PÊCHEUX, 1969 e 1975 e ORLANDI, 1983, 1990, 1999), analisa o texto da Proposta Curricular de Santa Catarina e um texto exemplar de Planos de Disciplina, buscando compreender como textos que têm como finalidade ser complementares, apresentam-se conflitantes. Para isso, confrontaram-se alguns sentidos construídos no texto da Proposta com alguns sentidos construídos em um Plano de Disciplina exemplar, para que neste confronto se evidenciasse o distanciamento entre os leitores virtuais, ou seja, entre os autores dos respectivos textos. A escola, enquanto espaço institucional responsável por esses textos, também foi considerada. A partir de suas práticas discursivas, envolvendo a produção/transmissão/reprodução do conhecimento (científico), refletiu-se sobre o funcionamento do discurso pedagógico (DP), predominante nesta conjuntura, na sua relação com o discurso científico (DC). Assim, a análise mostrou que o imaginário que constitui o sujeito-leitor para os autores do texto da Proposta Curricular é aquele sujeito-leitor membro da comunidade científica. Contudo, o leitor-real desse texto, com suas determinações materiais (histórico-sociais), é aquele professor que não faz parte da comunidade científica, pois enquanto interpelado pelo DP está alheio ao processo de produção de conhecimento e, portanto, não se posiciona como membro da comunidade científica. Sendo assim, o professor, leitor real do texto da Proposta Curricular, é incapaz de desencadear o processo de significação do referido texto.

 

Palavras-chave:

 

Análise do discurso, discurso científico, discurso pedagógico, leitor virtual e leitor real.


versão integral

 

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem

Campus Tubarão:  Av. José Acácio Moreira, 787, Bairro Dehon, 88.704-900 - Tubarão, SC - (55) (48) 3621-3369

Campus Grande Florianópolis: Avenida Pedra Branca, 25, Cidade Universitária Pedra Branca, 88137-270 - Palhoça, SC - (55) (48) 3279-1061